O que mudou em nós depois de 1 ano sem carne

Publicado em Alimentação
1 ano sem carne

No próximo mês nós completamos 1 ano sem carne. Pode parecer pouco tempo, mas durante esse período muitas coisas mudaram na nossa vida e no nosso jeito de lidar com o vegetarianismo. Como é uma marca importante pra gente, decidimos fazer um post para compartilhar com vocês as diferenças que percebemos ao longo desses 365 dias.

Primeiros dias sem carne x 1 ano sem carne

O cheiro

Quando decidimos parar mesmo com o consumo de carne (sim, até com o peixe) nós ainda passávamos sufoco com o cheiro de carne nos lugares. A gente achava bem agradável e dava vontade de sair comendo tudo o que aparecesse pela frente, embora a gente nunca tenha tido nenhum deslize.

Um ano depois isso já mudou completamente. O cheiro da carne nos deixa enjoados (e não, não é frescura, eu juro), parece que junto com o cheiro vem um nó na garganta difícil de se desfazer. Já não sentimos vontade alguma e passamos a nos incomodar com o cheiro de bacon absurdo que exala de todos os lugares que entramos.

Refeições fora de casa

Começamos a reparar na falta de opções vegetarianas nos restaurantes. Notamos que, quando tinham uma “opção vegetariana”, a carne era substituída por omelete ou ovo frito. Nós não comemos ovos, mas o que nos deixa com mais raiva é que, claramente, esse não é um prato que foi pensado para vegetarianos e sim uma opção qualquer sem carne que jogaram no cardápio sem o menor interesse em realmente atender esse público. Além da falta de opções vegetarianas, ficou evidente que as pessoas não sabem mais cozinhar sem precisar enfiar carne em todos os lugares. O feijão é lotado de linguiça, a couve tem bacon, na salada tem atum, o macarrão tem carne moída… É uma tristeza.

Era complicado passar por isso no começo e dava um desespero não saber o que comer quando estávamos fora de casa. Um ano depois nós ainda nos sentimos negligenciados, mas aprendemos a escolher melhor os nossos pratos e a reclamar nos restaurantes que vamos e que não têm alguma opção ou que enchem até a salada com carne. Precisamos que nos vejam e que nos respeitem, não podemos deixar pra lá e esperar que entendam o nosso lado sozinhos.

Refeições em casa

No começo nós sentíamos que a carne tinha que ser substituída. Não dava pra montar um prato sem “carne”, então encontramos na soja uma solução fácil e gostosa. A gente tinha a impressão que precisávamos usar soja em tudo que a gente fosse preparar e isso não é muito saudável (nem necessário). Começamos a pesquisar sobre a soja e descobrimos o quanto ela é perigosa (posso fazer um post só sobre isso, se for interessante pra vocês).

Agora as refeições mudaram completamente. Conseguimos lidar melhor com os nossos pratos e entendemos a construção das nossas refeições e sabemos que isso vai muito além do arroz, feijão e soja (ou carne). Aprendemos a fazer receitas incríveis com ingredientes ricos em nutrientes e a usar tudo que existe na nossa geladeira de diferentes formas e sem desperdício. Descobrimos que a berinjela, abobrinha, grão de bico, castanhas, couve-flor, etc rendem pratos dignos de restaurantes cinco estrelas e que dá pra substituir tudo de origem animal das receitas por ingredientes vegetais (se quiserem um post com as substituições e receitas que nós mais gostamos, peçam aqui nos comentários e eu faço). Isso mudou nossas vidas.

Discussões

Os primeiros dias sem carne vieram com as primeiras perguntas sobre os motivos que nos levaram ao vegetarianismo e se paramos até com o peixe (sério, perguntam muito isso). A gente achava que todas as pessoas ao nosso redor precisavam se converter e aceitar o vegetarianismo nas suas vidas, custe o que custar e, por isso, todas as vezes que nos faziam perguntas, nós passávamos horas e mais horas tentando convencer as pessoas que ser vegetariano é a melhor decisão que se pode tomar.

Agora, depois de muito tempo falando sobre o assunto com pessoas que não estavam interessadas, nós aprendemos que nem sempre precisamos falar sobre isso por tanto tempo e com todas as pessoas. Quando temos a oportunidade ou quando percebemos que existe alguém interessado, nós explicamos a nossa visão ideológica e política do vegetarianismo e tiramos as dúvidas que sempre surgem. Descobrimos jeitos de fazer com que as pessoas tenham mais empatia e, com certeza, a agressividade não é o melhor caminho se você quer a atenção e o respeito de quem quer que seja.


Depois de um ano, muita coisa mudou. Nossa cabeça se abriu pra uma causa antes inconscientemente ignorada por nós. Hoje queremos ir além. Queremos parar com o consumo de todo e qualquer produto de origem animal e pode até não ser fácil, mas somos determinados e sabemos que essa decisão é a que mais condiz com o que sentimos.

Se você também tem vontade de parar com o consumo de carne e de produtos de origem animal, saiba que é possível e que aos poucos tudo se ajeita. Assista aos documentários que existem na internet (fizemos uma lista com os nossos favoritos e você pode acessar aqui), leia tudo que encontrar sobre o assunto, aprenda novas receitas e converse com quem já passou por esse processo.

Em breve voltamos com mais posts sobre esse assunto e caso tenham alguma pergunta, dúvida ou sugestão, deixem aqui nos comentários que nós respondemos.

68 thoughts on “O que mudou em nós depois de 1 ano sem carne

  1. Tenho muita vontade de parar também, mas não penso em parar com o ovo e derivados do leite. Fico pensando se há diversidade de pratos ou se todos os dias teria que comer a mesma coisa. Outra coisa que penso, não tenho interesse em emagrecer, será que isso tenderia a acontecer? E os custos dos produtos são muito elevados? Obrigado se puderem tirar essas minhas dúvidas.

    1. Oi, Lúcio! Que legal o seu comentário. Então, sobre a variação dos pratos: no começo parece mesmo que ficaremos restritos e teremos poucas opções, mas conforme o tempo vai passando você começa a descobrir uma infinidade de coisas que dá pra fazer sem carne. Daqui uns dias eu vou fazer um post só com receitas vegetarianas que a gente ama. Eu garanto que você acaba tendo mais variedade depois que para de comer carne do que comendo carne todos os dias, a gente acaba ficando mais criativo.

      Sobre o emagrecimento: olha, eu não sou profissional e nem notei grandes mudanças no nosso peso aqui em casa, mas o que eu posso dizer é que sem carne nós, naturalmente, deixamos de comer grandes quantidades de gordura e quase que abandonamos os “junk food” da vida. Acredito que a perda de peso possa acontecer sim, mas tudo vai depender do restante dos seus hábitos.

      Sobre os valores: aqui em casa nós compramos todos os alimentos orgânicos e integrais, e ainda assim não temos um custo tão grande com as compras, mas isso depende de cada região. Os produtos prontos, como linguiça, salsicha, hambúrguer, etc são sim mais caros, mas existe uma infinidade de receitas que você pode facilmente fazer em casa e economizar bastante dinheiro.

      Eu espero ter esclarecido as suas dúvidas e torço para que você consiga entrar de vez no vegetarianismo. Estamos sempre à disposição para ajudar. Um beijo e bom final de semana.

    1. Oi, Liz! Que bom que você gostou do post <3 Também estamos queremos partir 100% pro estrito! Vamos conseguir e vai ser lindo. Haha. Qualquer dúvida ou dica que você tiver, deixe aqui pra gente que vamos adorar. Um beijo enorme!

  2. Estou em processo de deixar de consumir alimentos de origem animal…a dificuldade tem a ver com receitas faceis e saborosas sem incluir sempre a soje ou tofu ou seitan…agradecia o post com receitas. Obrigada

    1. Oi, Maria. Que legal que tomou essa decisão. Vou fazer um post logo logo com as nossas receitas favoritas e eu espero conseguir te ajudar. Por enquanto, eu posso te sugerir ver algumas receitas no canal do YouTube “Presunto Vegetariano”, caso você ainda não conheça. Sempre encontro coisas maravilhosas por lá. Vale lembrar que sempre dá pra fazer alterações e variações nas receitas, com o tempo fica mais fácil de pegar essas manhas. Boa sorte nesse processo e volte sempre que tiver alguma dúvida. Estaremos à disposição. Um beijo e bom final de semana.

    1. Nós queremos muito partir pro estrito muito em breve! Os animais merecem mesmo todo o nosso respeito <3 Parabéns pela decisão e volte sempre que tiver alguma dúvida ou dica! Estaremos à disposição. Um beijo enorme.

  3. Olá, sou vegetariano há 07 meses, e sempre como a soja, gosto muito, acredito que a soja em sí e o olho de soja não seja não ruim, mas quando vi esse comentário aí sobre a soja fiquei na dúvida, vc poderia me fazer breve resumo sobre isso pfvr. Obg, ah, e ótimo post viu? Concordo com tudo isso aí.. rsrsrs.

    1. Oi, Maurício! Nós também gostamos muito de soja e não tiramos ela totalmente do nosso cardápio, mas tentamos comer o mínimo possível. Então, já lemos e ouvimos de diversas pessoas os problemas que a soja causa. Para facilitar, te indico ler esse texto https://www.ufrgs.br/vies/vies/os-males-da-soja-sim-eles-existem/ para saber mais sobre os riscos. Além disso, ainda tem a questão de ter muita soja transgênica sendo vendida e a plantação de soja não é muito legal. Tem muito material na internet e muita coisa pra ser descoberta ainda, mas é válido dar uma procurada para que a gente se mantenha saudável sempre. Muito obrigada pelo comentário e fico feliz que você tenha gostado do post. Espero que você volte outras vezes e que eu possa ajudar sempre que necessário. Um beijo e bom final de semana.

  4. Gratidão pelo depoimento.
    Ficaria muito grata se publicarem essa tabela de substituição e suas receitas preferidas.
    Agradeço se puder me encaminhar o link por email.
    com amor,

  5. Que bacana, no próximo mês também irei chegar na marca de 01 ano sem carne, e muita coisa mudou e pra melhor. O próximo passo é cortar tudode iorigem animal.

  6. Ótimo texto. Exatamente o mesmo processo que aconteceu comigo. Hoje tenho certeza de que nunca me alimentei tão bem do ponto de vista nutricional: aumentei a variedade, a qualidade, (como muito mais alimentos integrais, orgânicos, frutas, sucos, cogumelos, assados, sementes, sucos, alimentos crus, etc),
    estou aprendendo a preparar minha própria comida, e vejo quantas possibilidades há. Minha relação com a alimentação mudou completamente.
    P.S: recentemente almocei em um self service que frequento, e coloquei uma salada de pepino, rabanete e beterraba. Como estava colorido, não percebi que havia tirinhas de presunto na salada. Quando coloquei na boca e senti o gosto, senti enjoo e larguei o prato…

  7. Que maravilha! Fiquei mais de 2 anos sem comer carne e infelizmente tive que voltar a comer, com muita tristeza, por orientação médica, uma anemia profunda, que apesar dos suplementos não estava normalizando o ferro no meu sangue, continuo em tratamento…. 🙁

  8. Amei esse post é reflete exatamente o que sinto, após 9 meses sem comer carne!!! Queria muito um post sobre a soja, e sobre os pratos com alimentos vegetais!!!! Obrigada

  9. Ameiii o texto!!! Um post sobre as receitas seria muito interessante, é um assunto que muitas pessoas buscam.. Parabéns pela escolha de vida!!

  10. Há três meses virei vegano. Na primeira semana fui vegetariano. Já na segunda cortei tudo. Leite,ovos e passei a ler todas os ingredientes dos produtos que compro. Sugiro a galera que é a favor da causa passe a mandar e-mail para as empresas que testam animais e que usam insumos de origem animal na fabricação , mesmo que já tenha todas disponibilizadas no PEA / PETA. Isso , acredito eu , fará com que as empresas vejam que os consumidores estão preocupados com o que consomem e mudem suas atitudes com relação a cauda animal. Hj não vejo problema algum em ter um substituto da carne. Como arroz , feijão ,legumes, verduras . Isso já basta ! Não sinto falta de nada. Só acho que deveria haver mais produtos veganos ( não só comida ) a nossa disposição. Reforço então que devemos bombardear de emails essas empresas ! Obrigado pelo post. Parabéns pela bela escolha !

  11. Amei o post!!!! Parabéns pelo texto! Realmente um texto divertido e que me encontrei! Já faz um ano que não como carne (nem peixe kkkkk) e me sinto muito melhor em relação à saúde e em consciência! Nos últimos dois meses venho tentando eliminar outros alimentos de origem animal! … E tenho descoberto outros sabores bem melhores que a carne pode ter certeza! Tenho até me empenhado na culinária! Pra quem resta a dúvida de parar de comer carne… Não perca mais tempo! Adote essa ideologia! Vc não vai se arrepender! ?

  12. Olá, eu sou ovolactovegetariana, porém procuro sempre evitar sempre os derivados, o uso de animais em cosméticos e hoje procuro nao comprar itens que realizam testes em animais! Espero q seu post ajude a muitas pessoas a se decidir! E outras a prosseguir! Parabéns pelo aniversário de 1 ano de vida nova!

  13. Lindo o texto, me representou com perfeita exatidão. Vegano há 3 anos, pelos animais, pelas pessoas e por um mundo melhor, com mais amor e harmonia.

  14. Post maravilhoso! Me identifiquei com tudo. Desde janeiro eliminei também os derivados (leite e ovos) e também deixei de comprar roupas de couro/seda e produtos testados em animais. No início é complicado e chatinho mas depois descobrimos que é possível e tudo se ajeita. Ter a consciência de que não estamos contribuindo com a exploração e morte de outras vidas e aumentando a sustentabilidade do nosso planeta torna tudo mais fácil! Ansiosa pelos próximos posts!

  15. Em maio passado fez um ano que parei de comer carne e ainda encontro algumas dificuldades com as que vocês listaram. Mas uma coisa é inevitável, não me vejo comendo carne de novo. Quando penso nisso, parece que estaria comendo o cadáver de um amigo. Me pergunto como não tive essa ideia antes? Como não me toquei que os animais não vivem para a exploração humana? Como?

  16. Ola. Tb parei de comer bicho. Comecei c a carne vermelha e um ano depois parei tudo. Sinto muita dificuldade ainda. Nos restaurantes a opção é macarrão. Tenho driblado com os opcionais. Mas está difícil. N sinto vontade de voltar. Ainda estou na fase q da um desespero passando numa churrascaria. Mas n sucumbo ao desejo e n deixocele me dominar. Me sinto otima e orgulhosa. Ainda uso ovo. Mas pretendo parar c o tempo. As receitas q tenho visto sao trabalhosas e a soja q faço fica sem gosto e pessima. Mas vamos em frente. O importante é que parei de comer bicho.

  17. Adorei o post! Recentemente tb completei meu primeiro ano sem carne e me sinto muito feliz com isso. Concordei com todos os itens que relacionaram, o mais engraçado é que tb não acho necessário o uso da soja, e todas as vezes q insistia com isso acabava pensando: nossa seria melhor nem ter colocado isso aqui huaheshua.
    Beijos!

  18. Minha esposa e eu estamos há 4 anos sem carne (ovolactovegetarianos).
    Muita coisa mudou em nossas vidas desde então. Todas para melhor!
    Até diria que foi mais fácil do que eu pensava, pois sempre fui muito carnívoro (por hábito e influência).
    Somos gaúchos e isso dificulta um pouco, pois aqui a tradição da carne é muito forte.
    Mas tiramos de letra. Gosto de cozinhar e sempre estou inventando pratos novos.
    É um bobagem achar que a alimentação seja restrita. Comemos pizza, lasanha, feijoada, macarronada, vaca atolada (sem a vaca, claro kkkkk), e até churrasco. Tudo sem carne e muuuuuito delicioso.
    É só uma simples mudança de hábitos alimentares.
    Ninguém nasce carnívoro, começamos a comer carne por influência, falta de informação e desconhecimento por parte da família.
    Vale muito a pena por vários motivos: saúde, comprovadamente menos risco de várias doenças, aumento da expectativa de vida, misericórdia com os animais, coerência (adianta “amar” um gato e comer uma boizinho?), meio ambiente… além de muitos outros motivos mais, digamos, “abstratos”.
    Até para dar assunto aos que gostam de falar dos outros kkkkk
    Recomendo a todos!
    Abraço!

  19. Oi, Não como carne e derivados de leite a pouco menos de um ano e já noto muitas das mudanças que vcs relataram… Fiquei super interessado no post com receitas, está disponível ?

    1. Oi, Binho! Que legal que ficou interessado (: O post com as receitas ainda não está disponível, mas postaremos em breve e eu envio um e-mail avisando! Muito obrigada pelo comentário! Um beijo.

  20. Olá, fico bastante feliz em ver que estão indo bem com esse ideal e que pretendem ir além.
    Por conviver com minha namorada que era vegetariana, a Mylla, aos poucos fui me conscientizando sobre o fato de que eu fazia parte de algo do qual não gostaria. A gota final para mim foi ler este artigo http://www.onegreenplanet.org/animalsandnature/is-there-more-cruelty-in-a-glass-of-milk-or-pound-of-beef/. E há pouco mais de 3 meses somos ambos veganos.
    Felizmente aqui na Irlanda temos algumas opções veganas que ajudam na transição pela fase do “precisa-se de uma carne no prato”, mas acho que estamos encarando isso muito bem.
    Apoio terem receitas aqui, como o resto do pessoal.
    Grande abraço a vocês, meu brother e Bia!

  21. Amei!!!Faz dois meses que sou vegetariana.Sou ovolacto.Um dia,vegana.Se Deus quiser!!!!E Ele quer!Ainda n posso pois n tenho condições alguma.Alguns vegans me falam,mas como???Ser vegan é mais barato q ser carnivoro kkkk
    Mas qdo falo q n tenho condições,eu n tenho mesmo!!!Tenho 4 filhos,no momento desempregada…cara,n tá fácil.Mas eu sei dos meus limites.
    Vejo alguns,n todos,de vegans com ovolacto.Isso é triste demais.
    Mas carne,jamais.Nem gelatina.kkkkkk
    Qdo descobri da gelatina fiquei chocada e revoltada.N forço meus filhos a nada,cada um tem seu momento.
    Enfim,to muito feliz por essa decisão e n volto atrás,mesmo as pessoas me fala do q isso é fase e vai passar kkk
    Bjs,amei esse post!!??❤

  22. Post incrível, tudo o que eu senti e sinto até hoje está no post, estou há um ano e meio já nessa vida, e foi a melhor decisão tomada por mim.

  23. Comecei o vegetarianismo a pouco tempo, e o mais difícil não é se acostumar com a falta de carne, e sim com as pessoas indagando e fazendo piadinhas. Mas enfim, eu tenho certeza da minha decisão e será meu novo estilo de vida.
    Façam o post sobre as substituição dos alimentos, por favor.

  24. Bom dia, estou sem comer carne desde o inicio deste ano mais precisamente 02/01/2016 hehe tambem tenho aversão quando chego nos lugares cheios de carnes e afins com aromas diversos das mesmas, ainda consumo queijo e ovos, porque me falaram que poderia ficar dorente se cortasse tudo; Mas confesso que não gosto muito pois sempre fico pensando em todo o processo até que esse queijo e ou esse ovo viesse a parar em meu prato e é muito desagradavel.
    Gostaria se possivel que vcs me ajudassem com orientação simples de alimentos que não só a soja que pudesse repor e ou aujudar a não faltar nutrientes como a proteína e o omega por exemplo.
    Por favor me ajude estou decidido de coração carnes peixes e derivados com certeza nunca mais 🙂

  25. Eu parei e acabei voltando a comer carne pois a minha familia não aceitou e ficavam zuando etc… ai decidi q não iria comer msis carne foi difícil pois agora ja não como mesmo q tenha ou mi ofereçam eu não como e não sinto mais vontade de comer acredito q todos podemos nos superar e fazendo nossa parte por uma vida melhor …..

  26. Adorei o post. Também faz um tempo que deixei de comer carne, mas ao contrário do que foi dito, nunca passei pelos primeiros dias em que sentia vontade, visto que anos antes já passava mal (o enjoo e o nó na garganta ao sentir o cheiro e pior ainda ao me obrigar a comer algumas migalhas que fosse por pressão da família que se desesperavam que eu estivesse mal nutrida), parar de consumir carne e leite totalmente, e ovos de forma muito reduzida, prestes a retirar da alimentação também, foi a melhor coisa para a minha saúde. Também percebo essa falta de opções em restaurantes e é horrível, bem como o fato de em tudo ter carne.

    Por favor façam o post com as receitas e adaptações que fizeram. Tenho certeza de que vai ajudar a mim e a muitos outros. Temos que ser muito mais criativos na cozinha uma vez que retiramos as proteínas animais.

    Novamente muito obrigada.

  27. Tenho parado com o consumo de carne animal a 3 meses, ainda consumindo fígado e peixe, mas creio que isso é uma mudança gradativa e paciente. Como pediram pra deixar aqui nos comentários, ADORARIAAAA uma matéria sobre substituição dos alimentos, tenho tentado muito isso e creio que ajudaria muitas pessoas! Adorei a matéria, muito boa sorte na continuidade!!

  28. Olá, que bacana! Sou a mais ou menos 4 anos ovolactovegetariana, não sei ao certo quanto tempo, já que fui parando de consumir carne aos poucos. Estou super ansiosa por novos post. Beijão e parabéns!!

  29. Eu quero aprender receitas saudáveis para tirar a carne do meu dia a dia. Até mesmo o que cozinhar e congelar para comer durante a semana no dia a dia corrido de cada um de nós. Ainda mais que faço academia, e preciso de algo rico em proteínas e leve para o jantar ( o feijão é muito pesado para a noite; tem como congelar grão de bico?) obrigada

  30. Oi,gostaria muito que fizesse um post sobre os males da soja,o que podemos substituir,nao só a soja mas como outros e receitas!!! Ficaria muito grata pois estou aos poucos me adaptando e só tenho vontade de continuar.

  31. Muito muito legal! Desde o início não tinha expectativa de convencer ninguém é vejo claramente que dessa forma as pessoas ficam abertas em entender os motivos, tiram dúvidas e eu gosto muito de explicar os motivos, dar receitas, indicar documentarios, blogs, livros. Gostaria muito de um post seu com receitas. Abraço

  32. Muito bom o depoimento, por favor se puderem fazer um post explicando sobre as substituições da carne por outros alimentos seria fantástico! Obrigada

  33. Gostaria que vocês fizessem um poste com as receitas naturais! Queria ter mais opções de receitas, principalmente no almoço que considero a refeição mais difícil de lidar. Parei que comer carne vermelha e consegui fazer a substituição sem trazer danos ao corpo. Aos poucos estou tirando as outras carnes, estou adquirindo sucesso! 🙂

  34. Poxa, fiquei muito feliz com essa postagem. O primeiro ano é pura adaptação mesmo e onde surge muitas dúvidas. Parei tem 1 ano e meio. Até com o peixe, rs (acho que essa é a pergunta que mais escuto). Agora parei com o leite. Poderia fazer umas postagem sobre a soja? Ainda me perco um pouco com ela rs.
    Abraços

  35. Nossa, amei… Qro muito parar de comer carne. A um tempo atrás está fazendo a carne de soja para substituir a carne… Preciso muito das receitas q tem, entender mais, me conscientizar q N precisa ser substituída, que posso comer bem sem carne. Tenho um bb de 8 meses q tbm N gostaria que comesse, mas infelizmente chegou a hora de introduzir alimentos e N soube substituir e nem achei profissional que o fizesse.

  36. Estou tentando parar com a carne e já não como mais em casa. Mas na rua, ainda sinto dificuldades. Como vcs conseguem soja que não seja transgênica?

  37. Oi, eu estou tentando parar com a carne e me sinto de forma parecida: não há opções de pratos. Com isso, descobri o quanto as comidas que faço em casa são limitadas. É muito difícil achar receitas gostosas e nutritivas e conseguir fazê-las, com a correria do dia a dia. Então ficaria muito feliz se pudessem publicar receitas ou vídeos que vocês adotaram. Acho que muita gente está tentando eliminar a carne de todas as refeições, mas não conseguem. Eu parei com a carne vermelha, como a branca uma vez por semana. Ainda sinto vontade, mas cada vez menos. Só não sou capaz de deixar os queijos de lado, mas acho que quanto mais as pessoas procurarem opções e elas forem baratas, o consumo desses produtos que não abusam de animais vai aumentar. A produção em massa é cruel, e com a internet qualquer um sabe disso. Belo texto.

  38. Amei o texto, eu queria muuuito parar de comer carne, mas pelo fato de trabalhar o dia todo (das 7:30 hrs as 23:00hrs) não sei se ia ter tempo de preparar receitas vegetarianas, as coisas prontas são meu socorro D: asuhsua mais estou ansiosa pelo post com as receitas preferidas talvez eu me anime vendo que não é tão difícil assim ^^ um dia eu chego la!

  39. Adorei o texto! Sou vegetariano há 5 anos e apesar dos esforços ainda não consegui deixar de consumir completamente ovo, leite e seus derivados. Vivo com mais 4 pessoas em casa então é complicado, mas quero E MUITO me tornar vegano. Seria ótimo ter o post com as substituições dos derivados, ia me dar uma super força!
    Abraços!

  40. Gostaria da lista de receitas sem soja. Eu como tranquilo sem soja, mas queria expandir meu cardápio.
    HAHAHHA
    Aguardo pelo post com as receitas.

  41. Bom dia! Fiz um curso de meditação de 10 dias e depois não comi mais carne (nunca fui muito de comer carne vermelha, passava tempos sem ingeri-la, mas agora parei com todo tipo de carne). Já vai fazer dois meses. Faço comidas bem coloridas e tenho a sorte de trabalhar próximo ao restaurante Tempeh, que fica no centro do Rio de Janeiro e a comida vegana é maravilhosa. Gostaria muito de que compartilhassem as receitas mencionadas, vou começar a escrever as minhas e compartilhar também, se desejarem. Obrigada!

  42. Olá, adorei o post. Em março faço 1 ano sem carnes e li muitas verdades aqui.
    Gostaria do post com as substituicoes e receitas preferidas. Afinal, nunca é demais ❤
    Obrigada e parabéns pelo trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *