O show da Fresno em Curitiba

Publicado em Cotidiano, Recomendados
Lucas - Show da Fresno

Ontem fomos ao meu sexto show da Fresno (e o primeiro da Bia). Não são muitos, já que a banda tem mais de 15 anos e eu só acompanho há cinco. Quem pensa em Fresno pensa em emo, Capricho, Rick Bonadio e a longínqua época de 2005 a 2008, quando a banda estava no auge da fama – nas televisões, rádios e nos shows lotados pelo país. Infelizmente foi de forma negativa que ela ficou tachada na música nacional e, até hoje, não conseguiu se desvincular disso totalmente no inconsciente popular. De qualquer forma, estamos em 2016 e a Fresno continua aí, firme e forte, fazendo seus shows e lançando seus discos.

A gente não sabia se quando chegássemos ao show, haveria mais fãs que envelheceram com a banda (como nós) ou se ainda era uma banda que atraía mais os adolescentes de seus 14, 15 anos. E, de fato, tinha mais pessoas como a gente: tiozões de 25 anos, reclamando do calor, das pernas e dos jovens bêbados, mas muito ansiosos para ver aquela banda aparecer no palco mais uma vez.

E, cara, foi emocionante. Foi o primeiro show da Fresno que vi em Curitiba, para onde nos mudamos há menos de um ano. O Lucas, vocalista, já é pai; eu estou quase casado. Desde 2011, quando comecei a escutar a banda, parece que uns 20 anos se passaram na minha vida. E pelo jeito, na deles também. Hoje, com uma formação bem diferente daquela época, eu vi Lucas, Vavo, Mario , Thiago e Tom tocarem cada música com a maior das vontades e respeitando um dos públicos mais fiéis de bandas nacionais.

Se até hoje, quando você pensa em Fresno, ainda liga a banda às capas de revista, é bom escutar melhor o que esses caras têm feito por aí. A cada disco é uma superação e uma nova etapa; a cada show, ficam mais maduros aqueles moleques de 17 anos que tocavam num quarto de livros em 1999.

E ontem, pela primeira vez, eu vi eles tocando Cada Poça. Puta que pariu.

(não é do show de ontem, mas tá valendo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *