5 mulheres no YouTube para acompanhar

Publicado em Recomendados, Top 5
5 mulheres no YouTube para acompanhar

Aqui em casa nós não temos TV (nem aberta, nem paga), mas isso não quer dizer que a gente não gaste boa parte do nosso tempo assistindo coisas incríveis (às vezes nem tanto) no YouTube, Netflix e derivados. Graças a isso, tive a oportunidade de conhecer mulheres no YouTube  que criam conteúdos fantásticos e compartilham com a gente. Juntei neste post 5 mulheres para acompanhar no YouTube e fazer parte da sua vida assim como fazem parte da nossa.

Afros e Afins

A Nátaly Neri faz parte do time de mulheres negras que criam conteúdo para mulheres negras no YouTube. Por ser branca, eu nunca tinha parado pra pensar no quanto as meninas/mulheres negras são pouco representadas no YouTube. Me deixa muito feliz saber que existem mulheres dispostas a quebrar barreiras e criar um espaço nessa plataforma que é de todo mundo e que deveria falar com todo mundo também, mas que destaca pessoas brancas falando para pessoas brancas.

Eu acompanho o canal da Nátaly e aprendo tanto com ela que nem conseguiria explicar aqui neste post pra vocês. Ela é uma garota inteligentíssima, muito bem articulada e isso faz com temas densos e complicados fiquem fáceis de ser entendidos quando ela para para explicar e comentar. Se vocês não conhecem o Afros e Afins, precisam correr pra lá AGORA.


Tá, Querida

Luiza Junqueira é a dona do canal Tá, Querida e ela está nessa lista representando todas as mulheres gordas e maravilhosas desse país. Se você acompanha o blog, viu neste post que peso é um assunto delicado pra mim (e sei que é delicado pra muitas outras meninas também) e o canal da Luiza me ajuda muito a desconstruir o jeito que eu me enxergo e me motiva nesse caminho longo e complicado da autoaceitação.

Se você também anda precisando de uma dose de autoestima, empoderamento feminino e ainda por cima quer rir com uma criatura colorida e maravilhosa, vem conhecer o Tá, Querida e acompanhar todos os vídeos lindos que ela posta por lá.


Mandy Candy

A Mandy é mais um exemplo de mulher que me ensina e me inspira em todos os vídeos que eu assisto no canal dela. Mandy Candy é o canal de uma mulher transexual que aborda esse tema do jeito mais claro, direto e divertido (na medida do possível) que eu já encontrei nesse mundo enorme do YouTube. Assuntos delicados como a cirurgia de redesignação sexual, episódios de intolerância e preconceito são abordados de forma muito delicada, honesta e bem humorada.

A Mandy sempre responde às dúvidas dos seus inscritos em vídeo e mostra pra gente como é a vida de uma mulher transexual sem tabu. Acompanhem os vídeos dela que vocês não vão se arrepender, tem muito conteúdo interessante por lá. Ah, a Mandy também já lançou um livro contando mais da história dela e tudo que ela passou pra chegar até aqui. Você pode comprar o livro nesse link.


Hel Mother

A Helen é uma mãe solo que criou o canal pra desromantizar (essa palavra existe?) a maternidade. Esse é um assunto que me interessa bastante e a Helen me fez ver que devemos ser mães possíveis e que tudo que você imagina e idealiza antes e durante a gestação vai ser diferente, desafiador e frustrante.

É claro que ser mãe tem um lado maravilhoso e cheio de surpresas agradáveis, mas é muito legal ver as dificuldades de uma mãe real que expõe suas angústias e os desafios que enfrenta todos os dias sendo mãe do Caetano, mulher, cineasta e tudo mais que acompanha esse pacote. Além disso, sempre tem participações incríveis no canal dela! Sério, você deveria passar por lá neste instante e se viciar nesse canal tanto quanto eu.


Lully de Verdade

Esse é o canal mais diferente dessa lista que eu montei pra vocês. A Lully não fala sobre minorias, mas aborda no canal dela um assunto que eu e o Thiago amamos muito do fundo do nosso coração: cinema. Eu sei que existem muitos canais no YouTube que fazem críticas  e resenhas de filmes, mas é muito mais legal (pelo menos pra mim) ver uma crítica baseada na visão de uma mulher. Acredite, isso faz muita diferença.


Vou roubar só um pouquinho e acrescentar nesse post mais 5 canais que eu assisto, amo e recomendo demais: Garagem de Unicórnio, Flávia Calina, Alexandrismos, Lucy Gonçalves e Lia Camargo. Todos esses seguem mais ou menos a mesma linha dos canais que eu já citei e complementam muito bem o conteúdo deles.

Assistam, se apaixonem, aprendam com elas também e compartilhem com a gente outros canais de mulheres no YouTube que vocês conhecem e que faltou nessa minha lista. Se vocês deixarem bastante sugestões de canais legais eu faço um segundo post com as indicações de vocês.